loader

Estas são as profissões que ‘provocam’ mais divórcios Março 1, 2019

Conciliar a vida profissional com a familiar nem sempre é fácil. Longe vão os tempos em que o casamento se sobrepunha às carreiras, especialmente das mulheres. Hoje a vida profissional é tão ou mais importante do que formar uma família.

Algumas carreiras envolvem não ter horários definidos, tempo longe de casa e grande stress associado, tudo fatores que podem abalar um casamento. Uma análise do portal Zippia, especialista na gestão de carreiras, revelou que certas profissões estão mais propensas ao divórcio aos 30 anos.

O MSN Money divulgou as 21 profissões mais propensas ao divórcio.

Enfermeiros anestesistas

Estes profissionais administram e ajustam a anestesia aos pacientes, monitorizam os sinais vitais dos pacientes e têm de tomar decisões críticas muito rapidamente. O stress associado a esta profissão pode causar problemas no campo matrimonial. Taxa de divórcio: aproximadamente 12%

Operadores de cargas e descargas

Trabalhadores que transportam e entregam manualmente materiais e cargas pesadas e que, a par disso, trabalham por turnos, também têm tendência a divorciar-se. Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Médicos

A grande responsabilidade associada a este emprego em conjunto com o stress da profissão pode levar à negligência das responsabilidades familiares. Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Reparadores de aparelhos eletrónicos

Sejam computadores, caixas de multibanco, caixas registadoras, estes técnicos também têm tendência para o divórcio. O facto de trabalharam muitas horas e terem de viajar para fazer reparações contribui para essa tendência. Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Electricistas

Este trabalho pode envolver noites, fins-de-semana e horas extra.
Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Fiscal de impostos

Uma típica semana de 40 horas pode facilmente transformar-se numa tonelada de horas extra nas temporadas da entrega de impostos. A juntar a isso, a pressão de clientes mais exigentes pode contribuir para afetar negativamente as relações pessoais. Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Guardas prisionais

Estes profissionais passam o seu tempo a avaliar e controlar pessoas com personalidades e hábitos complicados. Além de que se torna difícil desligar deste trabalho. Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Gerentes de serviços administrativos

Estes profissionais têm de gerir muitas funções ao mesmo tempo. Um dia de trabalho pode ser stressante. Chamadas de trabalho fora de horas podem causar algum desconforto familiar. Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Carpinteiros

As grandes obras podem obrigar a trabalhar horas extra e até fins-de-semana. Taxa de divórcio: aproximadamente 13%

Assistentes médicos

O trabalho como assistente médico pode ser exigente e requer que se façam turnos. Para não falar que estes profissionais recebem menos do que os médicos e enfermeiros. Taxa de divórcio: aproximadamente 14%

Técnicos de diagnóstico

É considerado um trabalho exigente e aborrecido. Estes profissionais passam grande parte do seu dia de pé e trabalham à noite, fins-de-semana e feriados. Taxa de divórcio: aproximadamente 14%

Engenheiros

O tempo que dedicam aos projetos e as viagens em trabalho podem estar na base da ruína de muitos casamentos. Taxa de divórcio: aproximadamente 14%

Bibliotecários

O trabalho pode não ser stressante mas o problema reside nos baixos salários. Taxa de divórcio: aproximadamente 15%

Tratadores de animais

O desgaste emocional causado por cuidar de animais pode levar a explosões de raiva ou depressão. Taxa de divórcio: aproximadamente 15%

Militares

As exigências deste trabalho, desde a deslocação, que pode envolver longos períodos longe das famílias, até à mudança para diferentes bases podem ser motivos para o divórcio. Taxa de divórcio: aproximadamente 15%

Empregados de mesa

Lidar com clientes nem sempre é fácil. Imagine que, a somar aos clientes insatisfeitos, tem de trabalhar ao fim-de-semana e com um salário baixo. Taxa de divórcio: aproximadamente 15%

Técnicos químicos

A dedicação a este trabalho, seja a pesquisar ou a monitorizar experiências, deixa, por vezes, de lado a vida familiar. Taxa de divórcio: aproximadamente 15%

Operador de armas

Esta ampla categoria de militares também tem uma taxa de divórcio significativa. Taxa de divórcio: aproximadamente 17%

Mecânicos

Os longos períodos de trabalho fora de horas pode estar na base dos divórcios nesta profissão. Taxa de divórcio: aproximadamente 17%

Logística

Supervisionar o stock da empresa pode ser stressante e incluir uma grande carga de trabalho. Taxa de divórcio: aproximadamente 18%

Supervisores militares (de primeira linha)

Estes profissionais vivem dias muito stressantes e gerem e lideram grandes grupos de militares. O stress e as deslocações mais longas podem ser responsáveis pelos divórcios. Taxa de divórcio: aproximadamente 30%

Fonte: Dinheiro Vivo

admin

0 # # # # # #

Mexericos e Coscuvilhices 2018